domingo, 30 de junho de 2013

OS RATOS FORAM COLOCADOS PARA CORRER!





Nesse Domingo, no MARACANÃ o Brasil estava acéfalo...O sonho Lulista de, juntamente com Dilma, darem o “coice” inicial e entregarem os prêmios e medalhas aos vencedores desapareceram, graças as manifestações de ruas. 
O mesmo ocorreu com o governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes. 

Queiramos ou não, são nossos representantes legais. Talvez devessem  chamar o Fernando Beira Mar para bem representar esta quadrilha que desonra o Brasil. Ele e Joseph Blatter estariam de mãos dadas dando o pontapé inicial e o Blatter olhando para o bolso do Fernandinho que vai, sem dúvidas, segurar a carteira heroicamente.

Isso não tem preço, ao olharmos para a Tribuna de Honra do Maracanã,  um fato histórico: Os deuses aplicando o merecido castigo e, como a voz do povo é a voz de Deus, os ratos foram colocados para correr...Um molusco  fugiu pra África; uma anta ficou entrincheirada no Palácio da Alvorada  e aquele famoso ratão carioca ficou  escondido em Mangaratiba, acompanhado pela turma dos guardanapos, não podendo saborear o manjar já que o odor de suas presenças  não combinavam com o ar de limpeza e brilho do nossos jogadores campeões e o majestoso Estádio do M A R A C A N Ã!

A Dilma, preocupada com o "tombo" das suas pesquisas de aprovação, não quis levar mais vaias bem como seu "patrão", fugindo com avião de empreiteiras, para a África...Quanta esperteza nefasta, não?
Mas um dia ele volta e ainda terá de responder as perguntas que não querem calar:
_Sua relação com Marcos Valério...
_Sua vertiginosa FORTUNA, bem como do Lulinha...
_O mega escândalo de Rosemary Noronha...
_Os desvios das obras da  COPA, do Pac, etc.
_Sua mudança e sociedade com Empreiteiros, os quais sempre combateu...
_Sobre o Mensalão...
_Sobre o Forum de São Paulo...

Estamos de OLHO... Aplaudindo o Brasil e a ausência dessa quadrilha de bandidos que assumiram o PODER no País! 



PARA A "CUMPANHEIRADA" TUDO!





"O jornalista Lauro Jardim informou que Gilberto Carvalho anda amuado por não ser consultado pela presidente Dilma Rousseff. Essa é a notícia boa: pouco importa o que tem a dizer quem só diz besteira. A notícia ruim é que, segundo o ex-seminarista que virou porteiro de bordel (além de secretário-geral da Presidência), a chefe agora ouve apenas ─ além das ordens de Lula ─ a trinca formada por Aloizio Mercadante, Fernando Pimentel e João Santana."



A Presidente está mais perdida do que cego em tiroteio.
Mas a culpa é somente dela, teve uma herança maldita do Lula... mas já teve tempo o suficiente para livrar se dessa camarilha.
Claro, a Presidente no caso não é obrigada a saber ou entender de tudo, mas tem a obrigação de se cercar de gente honesta, confiável e competente.




Confiou totalmente nos índices de aprovação, pesquisas essas “dirigidas” pra agradar o cliente, aprovação nas nuvens, mas não percebeu que embaixo havia um rombo do mesmo tamanho do Brasil.
Pensou que navegava na zona de conforto, hoje navega num mar turbulento, nunca antes navegado!




Minha sugestão: Que tal fechar 20 destes 39 ministérios, a começar por este Ministério da Propaganda, já que não deva existir um ministério da propagando em qualquer lugar do mundo civilizado (não vale Venezuela, Cuba, Ira,  Etiópia, entre outros mau exemplos). Fechando 20 ministérios não sei quanto exatamente economizaríamos, mas deve ser algo próximo de 50 bilhões de reais por ano, o que daria para tirar a Petrobras do buraco!


O governinho do pt é e sempre foi jogo de cena, um teatrinho, com muita propaganda e frases de efeito para a plateia desavisada, sem compromisso algum com o Brasil e suas necessidades. 
A “cumpanherada” só quer saber em como se manter para sempre em seus cargos, e sua única preocupação real é com a eleição de seus "cumpanheros".


sábado, 29 de junho de 2013

O LADO OCULTO DO PLEBISCITO DE DILMA



Destinada a confrontar a população com questões objetivas e diretas, a realização de um plebiscito é uma ferramenta legítima do processo democrático. A história recente, entretanto, demonstra que ele pode ser utilizado para propósitos pouco nobres: vizinhos sul-americanos recorreram ao mecanismo para tentar governar diretamente com o povo, passando por cima das instituições democráticas e se perpetuando no poder. Em resposta à inédita onda de protestos que chacoalhou o Brasil, a presidente Dilma Rousseff propôs uma consulta popular para promover uma reforma política no país - ainda que nenhum cartaz tenha reivindicado isso. A estratégia bolivariana, tirada da manga no momento mais crítico do seu governo, acoberta um perigoso interesse: aprovar o financiamento público de campanha e o voto em lista, antigos sonhos do PT.

Como avalia o ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior, a opção pelo plebiscito “joga areia nos olhos do povo”. Um levantamento do Datafolha constatou que a reforma política era uma reivindicação de apenas 1% dos manifestantes que tomaram as ruas de São Paulo nas últimas semanas. Mas o governo não quer perder a oportunidade aberta pelo clima mudancista.
O PT defende o financiamento público de campanha porque seria o maior beneficiário desses recursos, já que tem a principal bancada na Câmara dos Deputados e esse é o critério usado para a divisão do bolo. Com o financiamento público, o partido conseguiria assegurar recursos superiores aos das outras siglas. Caso o caixa dois não seja efetivamente extinto, o que é uma hipótese plausível, o dinheiro de bancos e empreiteiras continuariam a seguir a lógica de favorecer quem tem a chave do cofre - no caso da União, o PT. Por isso, interessava mais ao partido a ideia inicial de Dilma, que incluía uma Assembleia Constituinte com poderes para dar os rumos à reforma. Mas a ideia fracassou por ser inconsistente e sem base jurídica. Ainda assim, o PT aposta na capacidade de mobilização de sua própria militância para moldar o sistema político-eleitoral.
Publicado na Revista Veja em 28/06/2013.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

NOSSA SODOMA E GOMORRA!







"O maior sonho dos coronéis que concluíram a ECEME ( Escola de Comando do Estado-Maior do Exército ) é servir em Brasília. Esta cidade ofusca pelo poder que ela representa, mas no fundo sabemos que esta cidade, embora seja o Distrito Federal, a capital do Brasil, o seu núcleo político não é diferente de Sodoma e Gomorra, duas cidade corruptas, constituída de uma população pervertida, imoral, o centro do pecado, que sofreu uma hecatombe de fogo e se converteu num verdadeiro mar de sal, quando Deus ainda deu a oportunidade destas cidades se converterem para o bem, mas que escolheram o mal e pagaram caro por esta escolha. 

O que vamos analisar não é o povo que faz parte de Brasília, mas sim o seu poder político, o maior foco de corrupção jamais existente em toda a história da república, o palco dos interesses, dos pactos , das perversões, da imoralidade ética e política, das pessoas compradas, dos interesses contrários a nação brasileira, a prática da verdadeira lei de Gerson, onde tudo é possível, onde tudo é negociado, onde a propina é a moeda circulante do verdadeiro poder corrompido de uma classe política que há muito tempo se deixou de ser brasileira em sua essência.




Quando citei acima que é o sonho de alguns militares, é porque a ambição pessoal está acima do profissional, quando não se chega a general, alguns se locupletam na reserva pela indicação aos cargos ambicionados de gabinetes, aí perguntamos, quem são os verdadeiros militares??

Os verdadeiros militares são os que servem nas caatingas, nas regiões de fronteiras, no Amazonas, nas regiões mais pobres do nosso continente, convivendo com as dificuldades que o povo brasileiro nestas regiões convivem. Seus uniformes são diferentes dos belos uniformes desfilados em Brasília, porque contém o suor do seu trabalho, do seu sacrifício, do seu amor a pátria, do servir a nação sem nada exigir. Enquanto isto, os nossos militares de Brasília em seus belos uniformes, repletos de condecorações, são os militares diferentes dos demais que servem ao seu país com honra e com glória.


Os gabinetes repletos de generais, de coronéis mais parecem um verdadeiro exército imperial de sua majestade a presidente da república, que sob a verdadeira disciplina servem com fidelidade e respeito ao império de Sodoma e Gomorra Brasiliense.

É lamentável convivermos com uma atualidade política que não corresponde com os verdadeiros preceitos da população brasileira. Uma população sofrida, que não tem acesso a saúde, a uma educação de qualidade, aos sistemas de infraestrutura adequada as nossas necessidades, por falta de segurança de ir e vir, pela alta taxação de impostos, pelo desrespeito de nossos políticos quando aprovam projetos que não atendem os nossos interesses e sim os interesses políticos de uma minoria que nos representam pelo voto que outorgamos.
Mas não seria diferente numa Sodoma e Gomorra Brasiliense, onde o grande marco regulatório está na política que eles definem e nós somos servis.
Quando afirmamos que Deus é brasileiro, é porque gostaríamos que fosse... E se Deus realmente for brasileiro, esta Sodoma e Gomorra Brasiliense terá o seu fim político, a sua majestade imperial, dona do país, perderá o seu trono e finalmente o povo servil se locupletará eternamente num país onde nosso Deus será o Senhor Eterno, que assim Seja..."



Rio de Janeiro, 28 de junho de 2.013

Mário Márcio Von Brenner
Pres. Grupo CNM - Comunismo Jamais

SOCIALISMO-COMUNISMO-MORENO






Essas últimas manifestações realizadas em todo o País, mudaram por completo a agenda política Brasileira, que iniciava campanhas políticas para 2014, obcecados  pela manutenção do Poder a todo custo!

Com tudo o que está acontecendo nas ruas, é urgente que todos os empresários, vereadores, deputados estaduais e federais, senadores, ministros e a própria presidente Dilma repensem a maneira de se fazer política neste País. 

A continuar este método espúrio de negociatas, esquemas, tramoias e descaso em relação à população, as coisas por aqui podem sair do controle... Vejam o que aconteceu recentemente nos países árabes!

Esta mais que confirmado a falta de capacidade do PT de lidar com o operacional das "coisas públicas", já que todas suas administrações tem problemas seríssimos!

Alem de uma enxurrada de besteiras e favorecimento explícito para a corrupção, acabam de convocar toda a milícia vermelha para "tomar as ruas", o que, por certo, não deverá acabar bem!

Esse estilo nefasto de governar do PT chegou ao seu limite!
Bem como sua ânsia de Poder e de implantação desse malfadado socialismo -moreno-comunista no Brasil!

Mesmo com todo empenho dos "camaradas", acho muito difícil que consigam atingir essa meta, mesmo porque, o material humano de que dispõem é de péssima qualidade e  o BRASIL acordou!


 







APEDEUTA CONVOCA AS MILÍCIAS




Lula & Cia. mandam o PT ir às ruas. É melhor mudar de ideia

"O que temos visto nos últimos dias é uma clara demonstração do povo dando um forte recado aos políticos principalmente, informando que eles não estão agradando. E os políticos é que são responsáveis pela maioria das indicações de pessoas a eles ligadas para ocuparem os principais cargos de dirigentes das administrações da União, dos estados e dos municípios. Por conta disso, também estão sendo alvos das manifestações os partidos políticos, o que se comprova com a reprovação da presença de bandeiras ou quaisquer símbolos das agremiações nas manifestações. Em vista disso, parece não haver esse entendimento por parte dos lideres petistas;


Como se não fosse responsável pela crise econômica que estamos vivendo claramente e principalmente pelo ‘Mensalão do PT’, os petistas não desistiram de faturar com a grave instabilidade política, que levou às ruas manifestantes em muitas cidades brasileiras. Cumprindo ordens expressas de Lula, que pressiona os movimentos sociais para aderirem aos protestos, o ex-presidente do partido e deputado federal Ricardo Berzoini (SP), (aquele do triste episódio do cadastramento dos velhinhos aposentados e que ainda deve à população explicações sobre o escândalo da Bancoop) está conclamando a militância do PT para sair às ruas;

Os petistas precisam esclarecer contra qual tema o partido protestará. Protestar contra si próprio? Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência é o responsável pela absurda proposta de realização de plebiscito para a reforma política, assunto que não foi abordado em nenhuma das manifestações até hoje, E é de se notar que o PT age nos bastidores para manter as aparências, tendo como principal conselheiro o marqueteiro de Lula, João Santana. A preocupação maior do PT está no fato de que pois dentro de algumas semanas o Brasil sediará mais um encontro do Foro de São Paulo, que congrega comunistas radicais que se valem de atitudes criminosas para implantar e manter o totalitarismo esquerdista. O sonho dessa gente é a criação de uma nova URSS (União das Repúblicas Socialistas Sul-americanas);

Sendo assim, temos que ficar de olho vivo nessa proposta de plebiscito, pois temos os exemplos da Venezuela, Bolívia e Equador, onde os presidentes acabaram recebendo poderes para de certa forma se perpetuar no poder, além do total enfraquecimento do Legislativo e, pior ainda, do Judiciário. A presidente Dilma, orientada por Lula, propõe um plebiscito com um pacote de questões feitas pelo PT, no seu total interesse. Ela não quer que as propostas sejam discutidas pelo Congresso Nacional, com visibilidade na mídia, para depois o povo ser chamado para um referendo;

É melhor baixarem a bola, porque o PT e o PMDB estão de ‘bola murcha’ junto ao povo que quer saber que reformas são essas. O que o povo também quer é que muita coisa mude, mas no comportamento dos políticos, principalmente que haja combate à corrupção com punição aos praticantes de ‘malfeitos’, cadeia imediata para SOS condenados do ‘Mensalão do PT’, melhoria dos serviços públicos de saúde, educação e em especial segurança. Diante disse, e melhor que o PT não saia às ruas e que faça reuniões para mudar seu jeito de governar o país. Do contrário, vai haver confronto nas ruas e o partido vai ficar muito mal para as eleições do ano que vem. Aguardemos novas pesquisas sobre popularidade de Dilma e sobre intenção de voto para 2014. Devem trazer bastante novidades."

Publicado em Plutonomia

quinta-feira, 27 de junho de 2013

LEALDADE DE UM CORONEL DO EXÉRCITO!



Por Paulo Ricardo da Rocha Paiva - Coronel de Infantaria e Estado-Maior na reserva.
"Considerando: que o dilema – lealdade versus disciplina – é desafio que se apresenta em situações extremas na carreira dos profissionais das armas, particularmente aos que galgam os mais altos escalões de comando e chefia;
Considerando: que esse dilema desaparece quando silêncio e omissão contribuírem para causar um dano insuportável à Nação e à Instituição, estas sim, e nesta ordem, credoras de sua lealdade; que em passado não muito distante, a lealdade à Nação evidenciava disciplina em seu grau mais elevado, considerados missão constitucional das FA e juramento do militar à Bandeira;
Considerando: que a crítica – “na reserva, o militar fica inteligente e valente” nem sempre é cabível-, primeiro, porque é legal sua livre manifestação sobre assuntos de interesse geral, inclusive os militares e, segundo, porque antes de generalizar a crítica, convém lembrar, muitos passaram à reserva justamente por terem primado sempre pela franqueza e coragem moral;
Considerando: que a liderança pressupõe a submissão total à consciência, juíza perene da existência, e não aos cargos e funções, de passagem eminentemente efêmera, uma população estupefata exige respostas!
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: a evolução acelerada de um separatismo indígena, fomentado por interesses/pressões internacionais, comprometendo a soberania e posse de grande parte do nosso patrimônio em benefício da «comunidade mundial” (leia-se Conselho de Segurança da ONU); a proposição do PNDH3, de ratificação da Declaração dos Direitos dos Povos Indígenas, reconhecendo a existência de 608 nações apátridas dentro da Nação brasileira;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: a ação deletéria da Comissão Nacional da “Verdade”, que escracha civis e militares de reconhecido valor no esforço de guerra ao terror dos anos 60/70;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: a indigência atual da Força Terrestre, sem que se exija reverter sua situação caótica pela participação maior no PIB, haja vista os seguidos cortes nos recursos e o temerário prazo a perder de vista na implantação de vitais projetos estratégicos de defesa;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: o permanente aviltamento do nível salarial nos soldos de seus filhos e netos que vestem farda, se comparado com os de não poucos “políticos probos” homiziados na governança e no parlamento;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: o processo continuado de gendarmerização dos contingentes, preconizado pelo “Consenso de Washington”, preterindo as marciais manobras de grande comando pelo papel de guarda nacional em operações eminentemente policialescas;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: o movimento subversivo, de “quinta-coluna”, poderoso nos três poderes da República e em refugos da sociedade para romper o compromisso com as nossas tradições e princípios basilares do dever e honra militares;
Até quando o Exército da Pátria vai pagar para ver, tolerando: a versão dos nossos verdadeiros inimigos de que o resfolegar de um «nefasto exército de ontem» está dando lugar ao «exército politicamente correto de hoje»?"
Enviada por meu amigo Major Gazzoni.

"MINHA CASA CAIU"!






CONSTITUINTE, PLEBISCITO OU REFERENDO?
SE VOCÊ NÃO SABE A DIFERENÇA, NÃO SE DEIXE ENROLAR E NÃO ABANDONE AS RUAS. POIS, MAIS UMA VEZ, ESTÃO TENTANDO NOS ENGANAR!

Ao lançar suas confusas e mal elaboradas ideias, na reunião com os 27 governadores e 26 prefeitos das capitais, dona Dilma na prática, apenas ganhou tempo.

Para evitar seu Impeachment (processo de cassação de mandato) e na tentativa de "abafar" a continuidade dos protestos nas ruas, a oportunista Presidente, orientada pelo seu "desaparecido" patrão Lula, pelos seus assessores e pelo seu marqueteiro João Santana, a "mãe Dilma" apenas conseguiu dividir as responsabilidades pela revolta da sociedade e desviou, ao menos por enquanto, as atenções.

Na prática, dona Dilma apenas ganhou tempo.

Porém o alto custo dos transportes, a baixa qualidade da saúde, a corrupção, a impunidade, a falta de segurança, a volta da inflação, os absurdos gastos com as copas e olimpíadas, a falência da educação brasileira, a reforma política e a permanência dos "condenados" em seus cargos continua, como se nada de grave tivesse acontecido.

Na prática, dona Dilma apenas ganhou tempo.

A desesperada e ardilosa derrubada da PEC (proposta de emenda constitucional) 37, parece ter acalmado os ânimos dos "ingênuos revoltados" que ignorando uma politicagem cínica e hipócrita, (apoiada pela imprensa comprada), acreditam ter obtido uma extraordinária conquista.

Na prática, dona Dilma apenas ganhou tempo.

Agora, então, é o grande momento da nossa democracia: o importante agora é discutir, avaliar, analisar e, talvez, quem sabe um dia realizar uma constituinte, um plebiscito ou um referendo (afinal o povinho não sabe mesmo o que isto é, e quais são as suas diferenças) que "milagrosamente" irá resolver todos os problemas sociais, econômicos e morais do Brasil!

Na prática, dona Dilma apenas ganhou tempo.

Assim, enrolado e mais uma vez enganado, o ingênuo povo brasileiro talvez abandone as ruas.

E, volte para a sua vidinha cômoda, tranquila e adormecida, deixando que o lulapetismo e sua comandada "mãe Dilma" fiquem totalmente livres para implantarem, aqui, uma nova Venezuela.

Na prática, dona Dilma apenas ganhou tempo. Acorda Brasil!



Via: Jones De Oliveira Borges. Publicado por Maria Vanildes Kohler.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

O GRITO DA MULTIDÃO OS AMEDRONTA!






Sobre o Pacto sugerido, segue alguns comentários:

Responsabilidade Fiscal. Um governo que cria uma “contabilidade heterodoxa” baseada em artifícios contábeis que são uma afronta a qualquer lógica tem credibilidade para propor este pacto?
Quem cria 39 ministérios para atender ao guichê de pagamentos, criando novos balcões para transações criminosas é digno desta proposição? Quem usando o dinheiro arrecadado de impostos para perdoar dívidas de ditadores africanos e bancar viagens de lobby do co-presidente tem força moral para falar em responsabilidade fiscal? Ou é mais um delírio de quem perdeu o juízo, vergonha e sentido de realidade?

Na Saúde, a importação de 6.000 médicos cubanos ou de brasileiros escolhidos mais pelos aspectos de adesão ideológica do que por formação educacional resolverá o problema?
Os médicos importados irão trazer gazes, ataduras, remédios e matérias de exame para os postos de saúde inexistentes?
São formados em alguma especialidade que não necessita de uma estrutura mínima de atendimento? Poderão fazer diagnose sem exames? Ou internações sem leitos? Serão especialistas em leitos inexistentes? A mentira aqui, proposta no pacto, chega às raias do crime premeditado.

Educação. A promessa de 100% dos royaltes do pré-sal (hoje reduzida a 75% pelo Congresso) significa uma GOTA de recursos frente o que já existe. E mesmo assim, para daqui há uns 15 anos!

Quanto aos transportes, o que se pode dizer do trem-bala? Qual o aspecto social deste delírio de grandeza? Ou seria a  oportunidade de uma brutal corrupção?

A corrupção tem nome, sobrenome e endereço.
Não há necessidade de nenhum pacto. E sim de cadeia! Ou basta pararem de roubar. Para isto é preciso um entendimento nacional, suprapartidário? Ou bastaria o Código Penal? O pacto inclui o perdão anterior? Seria esta a justificativa para que gilbertinhos e mercadantes defendam a absolvição de quadrilhas já condenadas pelo STF?
Esse pacto  quer proteger Lula de possível condenação por desvios de erário público?

Precisamos todos ficar atentos para não cairmos mais uma vez no conto dos vigaristas de plantão, pois desde Dilma, Renan, etc., o que existe de verdadeiro nas suas intenções é que eles querem afastar para bem longe os gritos da multidão que os amedronta, e para tanto são capazes de propor qualquer coisa. 


Mas nem tudo o que está vindo deles neste momento é bom para o país. Dessa gente nem tudo o que reluz é ouro. Que os brasileiros que se tornaram, em boa medida, incautos nos últimos 10 anos,permitindo todo tipo de desmandos no país, prestem atenção aos movimentos de cada um desses atores de quinta categoria que temos hoje à frente do pais, pois essa gente é capaz de tudo. Até vender o seu totalitarismo como se democracia fosse!!!

Já para Dilma vai o recado: o Maracanã lhe espera ansiosamente. Não se acanhe em levar consigo o seu oráculo de palanque, para dividir as vaias e os merecidos insultos destinados à quem desonra o povo que lhe elegeu!


Inspirado em alguns comentários na Revista Veja!

DENÚNCIA: FARSA PRÉ-SAL





O Pré-sal foi descoberto em 1974, no governo Geisel.
Foi mapeado no governo Itamar Franco.
Foi declarado , no governo Fernando Henrique, como exploração inviável.

No mundo inteiro não há tecnologia para extrair petróleo do Pré-sal.
Lula, com o governo em queda, resolveu enganar o povo, dizendo que descobriu o Pré-sal e que os problemas do Brasil estariam resolvidos.

O que surpreende é que os políticos  e governadores "aliados", brigam por sua "divisão". Divisão de quê ?
O governo Distribuiu dinheiro da Petrobrás à rodo para Petistas e aliados, CUT, MST, UNE, etc, na compra de votos.
O dinheiro acabou. A Petrobras faliu, Agora importa gasolina, óleo, álcool de milho, etc.




"Lula, Dilma e partidos no Congresso adotaram o pré-sal como boia salvadora. Foi e ainda é um elemento muito importante politicamente para eles e tem sido usado no Congresso, para acomodar muitas situações. 

Há a enorme disputa dos estados e municípios, assim como, nas áreas da educação e saúde. Na crise recente Dilma tenta salvar-se, entre outras coisas, acelerando a decisão sobre o uso dos royalties do pre-sal. 

A única coisa que eles não dizem é que o dinheiro do pre-sal está muito distante, mais de 10 anos e até lá “o povo” vai ter que se “virar” com o que tem hoje, ou seja, nada. Os recentes royalties para a educação e saúde virão por volta de 2025 numa boa hipótese, dado que a Petrobras está quebrada segundo o Tribunal de Contas da União. E ainda, se até lá continuar viável retirar o petróleo daquelas profundezas, comparando com o novo e mais barato xisto para obter petróleo e gás. 
Entretanto, como muito pouca gente sabe disso, os políticos vão enganando. 

Correto seria Da. Dilma reduzir os inimagináveis 39 ministérios, já que não tem nem condições de controla-los e os mais de 25.000 companheiros do partido e aliados, contratados para o serviço publico. 
Ai sim, haveria mais dinheiro para a educação e saúde e Da. Dilma não venderia mentiras e ilusões." 


Entre aspas de meu amigo Fábio Figueiredo.

INCOMPETENTA...





"Cego em tiroteio – Famoso por ter renunciado à liderança do PT no Senado em caráter irrevogável e ter recuado da decisão após carraspana de Lula, o agora ministro Aloizio Mercadante (Educação) está se especializando no “dito pelo não dito”. Com sua inconteste vocação para se desdizer, Mercadante foi escalado pela presidente Dilma Rousseff para jogar fumaça sobre a proposta de convocação de uma assembleia constituinte para a realização da tão esperada reforma política.

Disse o ministro da Educação que não há “tempo hábil” para a realização de uma constituinte.

É importante deixar claro que a convocação de assembleia constituinte é prerrogativa exclusiva do Congresso Nacional, não cabendo ao Executivo qualquer tipo de ingerência. Acostumada com a ideia de que o Legislativo federal é um obediente puxadinho do seu incompetente governo, Dilma se acha no direito de atropelar a legislação vigente e violar o ordenamento jurídico do País.

O comportamento dúbio diante da grave crise política mostra que o governo de Dilma Rousseff está à deriva e sem saber quais medidas adotar. Ao propor a convocação de uma constituinte, Dilma deixou no ar duas dúvidas: ou ela é truculenta e não ouve quem quer que seja, ou o ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, é um incompetente confesso.

Só mesmo os incautos serão capazes de acreditar que as pífias promessas feitas por Dilma Rousseff na última segunda-feira (24) alcançarão o universo da realidade em prazo recorde. Qualquer medida a ser tomada não produzirá efeito antes de cinco anos ou mais!"

Parte de uma publicação de ucho.info em 26.06.2013.

terça-feira, 25 de junho de 2013

A PRESIDENTE ESTA PERDIDA!





"O brasileiro saiu da letargia, ou pior, do coma induzido que durou mais de uma década, onde se encontrava entorpecido pelo pão e circo que o 
governo PT fazia questão de aplicar como anestesia. E acordou com fome de mudança e verdade, exausto dos desmandos e cansado de ficar inerte, prostrado na postura de “tô nem aí” enquanto o país desabava a sua volta. Mas antes tarde do que nunca.



Ao longo de mais de uma décadas convivemos com a mentira e com a desfaçatez. Assistimos Lula declarar descaradamente a auto-suficiência em petróleo, enquanto a Petrobrás, endividada, sugada e vampirizada pela política petista, afundava mais rápido que a plataforma P-36, sobretudo com a perda da unidade boliviana e com a compra superfaturada da refinaria de Pasadena. Nos tornamos auto-suficientes em mentiras, e as mãos sujas de Lula na foto enfim ganharam uma justificativa plausível. Além disso, nas nossas barbas, enquanto dormíamos, ocorreu o súbito e milagroso enriquecimento do filho de Lula.



Vimos uma transposição do São Francisco que sangrou bilhões de dólares, e que não transpôs nada além de dinheiro para algum lugar desconhecido. Um Fome Zero que só saciou a fome dos corruptos; um PAC que em vez de aceleração do crescimento se tornou um “acelerador da corrupção”. Acompanhamos escândalos como o dos Correios, ambulâncias, passagens e etc, que nunca tiveram qualquer tipo de punição.


A cara deformada do Brasil ficou ainda mais exposta quando Genuíno, um “condenado”, passou a presidir a Comissão de Justiça da Câmara, e Renan Calheiros, um ficha-suja corrupto assumiu a presidência do Senado. A essa altura dava-se mais importância aos recalques de cotistas e aos petís de grupos diversos do que à própria moral administrativa. Nos faltou ver Fernandinho Beira Mar ser nomeado diretor geral da Secretaria Nacional Antidrogas, mas é melhor não dar ideia.

O que conta de verdade é que a classe pensante – essa mesma que teve a infelicidade de estudar e se informar num país com alto índice de analfabetos, e por isso é chamada de “fascista ou elite” - não acreditou no discurso vazio e reagiu, reforçando o coro dos poucos que há tempos estavam acordados e não se conformavam com a zona de conforto oferecida pelas mentiras petistas."


Parte de um texto de Marcelo Rates Quaranta, o qual assino embaixo!

QUEM POUPA LOBOS SACRIFICA OVELHAS




E pensar que tem muita gente, especialmente os "bolsistas" e os que mamam nesse desGoverno PTralha, que o apoiam, mesmo sabendo que há muito tempo não se investe em educação de qualidade, nem em saúde, também não em infraestrutura.

Com um ministério de 40 (quarenta) políticos e mais de 20.000 cargos de confiança composto de companheiros sem nenhuma qualificação; cobrando impostos maiores que de Países Europeus e de Primeiro mundo, devolvendo como se fosse de terceiro mundo...

Investe Bilhões em Cuba, Venezuela e Bolívia, perdoa dívidas de ditaduras Africanas para facilitar a contratação de obras de Empreiteiras brasileiras, e as propinas destinadas a quadrilha sempre chefiada pelo ex-presidente-bilionário e seus asseclas.





"Conforme previsto há muito tempo, o PT pretende continuar no poder, acentuando-o, tornando o país socialista. Foi noticiado que o grupo iniciador das passeatas, o MPL (Movimento Passe Livre), mantido por ONG financiada pela Petrobras e Ministério da Cultura estaria a serviço do PT para desencadear o movimento ao qual se incorporariam outros grupos de esquerda, como se está tentando. 

Criado o movimento nacional à partir do MPL, haveria o governo que retomar as rédeas da situação, o que Dilma buscou fazer em 24/6, durante reunião com governadores e prefeitos. Então anuncia, entre outras coisas, a convocação de uma Constituinte e realização de plebiscito. 

Fica clara a preparação de um golpe já que não é necessário alterar a Constituição para atender as reivindicações e somente apenas mudar as leis das eleições e dos partidos políticos, segundo o Presidente da OAB Marcos Vinicius Furtado" (Fábio Figueiredo).


segunda-feira, 24 de junho de 2013

CAIU A FICHA



"Na abertura da sessão desta segunda-feira (24), o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) disse que tem a impressão de que muitos ainda não entenderam o que está ocorrendo no Brasil nos últimos dias, quando milhares de pessoas foram para a rua protestar. De acordo com o senador, bastam apenas três palavras para explicar os protestos:
- Caiu a ficha – disse ele.
Segundo Cristovam, muitos dos manifestantes já estiveram no exterior e viram que os serviços públicos como os de saúde e transporte funcionam. “Caiu a ficha” que sem educação não há futuro, explicou ainda o senador. “Caiu a ficha”, segundo Cristovam, de que o Bolsa-Família não será um instrumento de transição, mas um mecanismo permanente, se não houver a inserção dos brasileiros na modernidade.
Cristovam afirmou que os brasileiros perceberam que a taxa de crescimento do país é pequena e de pouca qualidade. Para ele,”caiu a ficha” de que a corrupção ainda existe e a impunidade continua.
Há algum tempo, segundo o senador, havia a ilusão de que o povo participaria da Copa.
- Caiu a ficha de que o povo pagou os estádios e não vai poder entrar neles – afirmou.
Reforma Política
O senador também defendeu o voto aberto para decisões do Parlamento e a reforma política. O sistema atual, de acordo com Crsitovam, beneficia os publicitários, para fazer as campanhas, e os advogados, para corrigir os erros jurídicos dos políticos. O senador propôs o fim das coligações e a obrigação de os partidos lançarem candidatos ao Executivo.
‘Malha Fina’
Ele aproveitou para defender o projeto de lei do Senado (PLS) 99/2009, de sua autoria, que será analisado nesta terça-feira (25) pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A proposta determina que a declaração de renda dos políticos eleitos seja submetida de forma automática à “malha fina” da Receita Federal. De acordo com o senador, a medida seria uma resposta à voz das ruas que clama por moralidade na política. O texto tem o apoio do relator, senador Eduardo Suplicy (PT-SP).
- Será um gesto pequeno, a favor. Se derrubar, será um gesto grande e contra – afirmou.
Em aparte, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) elogiou o discurso de Cristovam e disse que os políticos precisam reagir às manifestações com uma agenda de “resgate e sintonia” com as ruas. Para o senador Pedro Taques (PDT-MT), os políticos não podem deixar passar “este momento histórico”. Ele disse que há dois motivos principais nos manifestos: a indignação com a corrupção e o inconformismo com a classe política, que não realiza compromissos e nem concretiza promessas. 
Cristovam Buarque disse ainda que precisava fazer uma “correção”, com base em um alerta feito por um internauta, sobre uma frase de discurso seu a sexta-feira (21) em que afirmou a necessidade de se abolir os partidos atuais. Segundo o internauta, os partidos já foram abolidos, pois não há unidade ideológica ou programática entre os membros partidários.
- É preciso refundar os partidos. Precisamos criar partidos de verdade – reafirmou Cristovam."

Fonte: Agência Senado 


O FIM DA ERA LULA-DILMA!






"Com certeza, Luiz Inácio Lula da Silva lamenta e chora a perda do monopólio de mobilização das massas que sempre lhe conferiu legitimidade e poder político efetivo. Lula já tinha perdido, com o câncer na laringe, o potencial de sua voz.

Lula agora perde a própria liberdade, e só pode circular de carro blindado, com filme preto no vidro, pois não pode mais aparecer em público sem o risco de tomar vaia. A manifestação de quarta-feira à noite, quando 600 jovens protestaram na porta do apartamento dele, em São Bernardo do Campo, gritando “desce, ladrão”, é o ápice da desmoralização de Lula.

Dilma choveu no molhado ontem à noite em seu pronunciamento. É nulo o efeito prático de sua fala marketeiramente escrita, lida no teleprompter como uma apresentadora de televisão sem texto próprio. Patético escutar Dilma alegar que está ouvindo a voz das ruas, mas, como mãe severa, advertir que não vai tolerar as arruaças.

Como de costume no Brasil, a questão política, novamente, se transforma em questão de polícia. E com direito à cínica repressão da petralhada. O Governo Dilma já acabou sem ter começado. As mobilizações populares, originalmente incitadas por ONGs financiadas pela grana do socialismo fabiano transnacional, abrirão o caminho para retirar o PT do poder.

O PT já está irremediavelmente condenado. A grande dúvida é se os comparsas do PMDB serão “saídos” junto com a petralhada, ou se, como de costume, sustentarão e futura coalizão que ocupará o poder no Brasil, a partir de janeiro de 2015...

Uma coisa a fala da Dilma deixou implícita: o PT vai partir para a reação. Tudo indica, o partido terá de acelerar o processo “revolucionário”... O risco é o fusca deles, com motor de ferrari, bater a 300 km/h no muro da História, pois o Brasil já cansou do Governo do Crime Organizado." 




por Jorge Serrão.

= TUDO COMBINADO =




Tudo combinado – A farsa em que se transformou o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff, feito na última sexta-feira (21) em cadeia de rádio e televisão, ganhou o primeiro capítulo de um enredo que é marcado pela mitomania.

Dilma disse que abriria espaço em sua agenda para conversar com representantes dos manifestantes, que nas últimas duas semanas tomaram as ruas do País, mas tudo não passa de mais um embuste com a chancela do Partido dos Trabalhadores. 

A presidente receberá em palácio, nesta segunda-feira (24), os líderes do Movimento Passe Livre, grupo de esquerda radical que está vinculado a uma ONG que recebe dinheiro do governo federal. Ou seja, Dilma não quer ouvir a voz rouca das ruas, como disse diante das câmeras.

Entre o que Dilma prometeu durante a leitura do pronunciamento escrito pela equipe do marqueteiro João Santana e a capacidade de realização do governo há uma enorme distância. Qualquer ação para atender às reivindicações dos brasileiros descontentes demorará entre três a cinco anos para ter algum efeito. O que a atual inquilina do Palácio do Planalto quer é continuar enganando a opinião pública até a eleição de 2014, o que lhe permitiria alimentar o sonho da reeleição, que pode ter se transformado em um irreversível pesadelo.

Receber no Palácio do Planalto os líderes do Movimento Passe Livre será um enorme equívoco, pois o grupo focou os protestos apenas na redução das tarifas de tarifas de transportes, ação encomendada para desestabilizar politicamente o governo de São Paulo, Geraldo Alckmin. O MPL deixou as manifestações logo após a revogação do aumento das tarifas em São Paulo, mas os protestos continuam. O que mostra que essa decisão da presidente poderá incendiar ainda mais os manifestantes.

Fonte: ucho.info

domingo, 23 de junho de 2013

= A PANELA FERVEU =




Parafraseando o ex-presidente: "Nunca antes na história deste país” um acontecimento gerou tanta perplexidade e assombro aos formadores de opinião, que não conseguem digerir e elucidar o tsunami que varre as redes sociais e que avança  despejando milhões de pessoas nas ruas Brasil afora em protestos contra todas as mazelas do país. 

Sem líderes e com uma determinação inusitada, movimentam-se como formigas, através do instinto, em direção à consequência fatal: a queda do Sistema. "A Revolução Vinagreira" está nas ruas! O Estado Brasileiro apodreceu na sopa da corrupção, a panela ferveu, o caldo entornou e a gurizada saiu do facebook para derrubar o Sistema político corrupto encastelado em berço esplêndido nas três  esferas do poder: 



Com o auxílio das redes sociais ( atenção comunistas) será muito difícil a implantação do regime totalitário após os ares de liberdade proporcionados pela internet, aquela espinha dorsal que enverga mas não quebra, aqueles seres imprevisíveis, multifacetados, saíram das tocas quais caranguejos na lua nova na época do Verão!

O PT, partido dos trambiqueiros, foi por um tempo uma ilusão. Todos os seus dirigentes, sindicalistas calejados nas lutas sindicais, especialistas em transformar verdades em mentiras, com a ajuda de pseudos-sociólogos fajutos, parte de uma elite religiosa apodrecida, tapearam uma boa parte da sociedade.

Ao invés de fazerem uma reforma limpando todo o entulho que impedia o crescimento da nação, preferiram saqueá-la!
Em nenhum País do mundo, uma quadrilha, protegida como classe de sindicalistas, foi tão bem sucedida como aqui. São gestores de fundos, estão encastelados em todas as estatais, estão nas secretarias, nos ministérios e estão, pasmem, na presidência da República!